Afinal, devo tirar as cutículas ou não?

cutículas

Olá, meninas! Quem é apaixonada por unhas bem feitas, provavelmente já conhece a polêmica das cutículas. Devo tirar ou não? Tirar as cutículas se tornou uma questão cultural para mulheres de muitos países, mas apesar disso, é um assunto que deve ser considerado por um motivo importante: saúde.

Tirar aquela pelinha branca de maneira incorreta, pode acarretar uma série de problemas, alguns inclusive, bem graves. Neste post, falaremos tudo sobre esse assunto e qual a maneira mais adequada de lidar com as unhas. Vamos lá?

Cutículas, o que são elas?

Cutícula é aquela pele branquinha que fica alojada logo no topo da unha, no encontro com a pele dos dedos. É um tecido formado por células mortas e queratina e pode ser removido. O que muitas pessoas não sabem, é que existe um tecido logo acima dessa pele morta, chamado de eponíquio. Ele é uma importante barreira contra bactérias que podem gerar infecções, que é comumente confundido como cutícula. Ela cobre a raiz das unhas, onde as células das mesmas são produzidas, e existe para a proteção. A Academia Americana de Dermatologia é contra a retirada dessa pele e uma vez removida, pode provocar o ressecamento das unhas e deixá-las quebradiças, além de expor o organismo a infecções.

Como cuidar das cutículas?

O eponíquio, a parte que a grande maioria das mulheres retira, deve ser hidratado e empurrado delicadamente para cima, com uma espátula de unhas. Após o procedimento em todas as unhas, utilize uma esponja macia para fazer uma esfoliação na superfície da unha. Mas ainda mais recomendado, é utilizar produtos que afinam essa pele e a deixam mais macia.

O tecido morto das unhas, a verdadeira cutícula, é bem fácil de remover. Após hidratá-la, basta raspar aquela camada bem fina que fica grudada no topo da unha. Dá para fazer até mesmo em casa com uma espátula ou lixa esfoliante para unhas.

Se você ainda insiste em retirar a camada protetora da unha, tome alguns cuidados para se prevenir de infecções!

Precaução:

  • Tenha seu próprio alicate de unha: Os aparelhos de salões devem ser sempre esterilizados. O melhor entretanto é se prevenir levando o seu próprio alicate. Sempre confira se está devidamente amolado para não te machucar.
  • Faça a remoção com um profissional: Ainda que você tenha prática em fazer as unhas, o profissional será sempre a melhor opção. Ele tem um olho clínico para essa função e saberá o modo ideal de tratar suas mãos.
  • Evite retirar muito a fundo, a fim de evitar exposição da pele: Se você não dispensa a remoção, que a faça superficialmente e sem exageros.
  • Mantenha sempre na bolsa um creme hidratante para mãos, principalmente no inverno: Cremes tem fatores emolientes deixam as mãos macias e sedosas. Use ao longo do dia, principalmente quem tem muito contato com produtos abrasivos, que ressecam a pele.
  • Evite retirar peles mortas com os dentes: Esse hábito pode transmitir fungos e bactérias ao organismo. Além do mais, ele pode ferir os dedos e abrir portas para doenças como a hepatite.

Agora você já sabe todos os cuidados necessários para lidar com suas cutículas. Coloque em prática os bons hábitos para manter suas unhas muito mais lindas e saudáveis. Se gostou das dicas, deixe sua opinião no espaço para comentários!

 

Adesivos de Unhas

Adesivos de unhas Fé

5 de 5
À partir de R$ 0,99
5.00 de 5
À partir de R$ 0,99
5 de 5
À partir de R$ 0,99
5 de 5
À partir de R$ 0,99
5 de 5
À partir de R$ 0,99
5 de 5
À partir de R$ 0,99
5 de 5
À partir de R$ 0,99
5 de 5
À partir de R$ 0,99

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *